A quem interessa o fechamento da FORD?

Publicado em: 12 mar 2019

Ainda surpreendidos com o anúncio do fechamento do seguimento de caminhões da Ford, os trabalhadores(as), juntamente com o movimento sindical, estão lutando para o não fechamento dessa importante fábrica do Brasil.
Com o encerramento das atividades, aproximadamente 4 mil postos de trabalho diretos e mais 25 mil indiretos, serão fechados. A princípio, pode parecer que, isso, não afetará o setor metalúrgico de Itu e Região. Mas, acontecerá!
Nossa região possui muitas fábricas, que produzem peças e demais insumos para produção de caminhões. Com o fechamento, afetará diretamente essas empresas, ocasionando o fechamento dos postos de trabalho, ou mesmo, o encerramento das atividades da empresa.
O governo federal, visto como um salvador, ainda não se posicionou acerca de como agirá, na condução da política industrial do Brasil. Estamos vendo um forte interesse das montadoras dos Estados Unidos avançando para o nosso país, com interesses diversos. O pior, é que o mito tem se posicionado favorável a esses interesses e favorecendo a desindustrialização.
Há nos bastidores, uma medida provisória pronta para ser editada, na qual, os impostos de importação, serão iguais aos da produção do carro nacional, assim, os carros importados, terão mesma capacidade de competição que os nacionais, logo, as montadoras diminuirão a produção nacional e aumentarão a importação, tendo em vista, que o custo para produção dos carros nos Estados Unidos, é muito inferior do que a nossa.
Assim, a liberação dos impostos de importação de carros, não favorece somente a desindustrialização, mas também o fechamento dos postos de trabalho e o enfraquecimento da econômica interna.
Dentre alguns dias, nosso presidente estará nos Estados Unidos para reuniões com Trump, mas as pautas das reuniões não foram divulgadas totalmente. Há rumores que nessas reuniões, estejam as discussões sobre a importação de veículos ao Brasil.
Essa é a política industrial, que o “mito” está preparando para nosso país. Enquanto nos últimos 14 anos, trabalhou-se para o fortalecimento da indústria nacional, nosso líder conduz o setor para a ruína, o tornando quintal das montadoras norte americanas.

Escrito por Tadeu

Jornalista e Assessor de Imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos de Itu e Região

Website:

Voltar

Blog do Metalúrgico

Lutar e defender nossos direitos

Companheiros (as) A classe trabalhadora, em especial os …

É hora de mostra nossa força

Estamos passando por uma grande turbulência política. A famosa c …

Pesquisar no site

informe-se!

última edição

rádio cut

Galeria de Vídeos
Galeria de Fotos

Sindicato dos Metalúrgicos de Itu, Boituva, Cabreúva e Porto Feliz!